Casa Tel Aviv

1
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest

O projeto da casa de Tel Aviv tem uma história bem interessante. Tudo começou quando uma família israelense veio prestar consultoria para uma empresa no Brasil e acabou morando um tempo por aqui. Nesse período, foi apresentada a Raul di Pace e desta amizade nasceu o sonho de uma casa projetada por ele em Israel.

Enquanto isso, do outro lado do mundo, um antigo kibutz localizado na periferia de Tel Aviv havia sido loteado e transformado em um belo condomínio, onde a família possuía um lote grande.

Raul di Pace, então, desenvolveu um projeto contemporâneo, inspirado no estilo Neues Bauen alemão, todo em alvenaria branca, com espaços abertos, pátios internos, muita luz natural e, o mais importante, seguindo todas as normas de construção de Israel, que incluía até um bunker.

 

A casa térrea, de 782 m², disposta em um terreno de 400 metros de comprimento, foi pensada para proporcionar aos moradores uma sensação de liberdade, quer pela integração do ambiente interno ao externo, quer pela imensa área livre existente no entorno do imóvel.

Com transparência suficiente para a entrada de luz natural, o desenho do imóvel previu um pé direito com diferentes dimensões, mezaninos na área social e nos quartos, além de uma bela visão do jardim que invade a propriedade.

Inspirada no Pavilhão de Barcelona de Mies van der Rohe, a casa de Tel Aviv apresenta planos perpendiculares que constroem o espaço tridimensional, a partir de uma configuração volumétrica de formas depuradas. Isso fica bem evidente na parte externa, tanto na garagem na entrada do imóvel, quanto no pavilhão dos fundos junto à piscina.

Raul di Pace idealizou uma planta simples e ao mesmo tempo sofisticada, onde os moradores pudessem usufruir de uma residência sem definições e limites entre os diversos espaços.